O Que Fazemos


Para atender a este amplo leque de atuação e aos objetivos a que se propõe a EPE conta com quatro diretorias e dez superintendências em sua estrutura, são elas:

Diretoria de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais

A Diretoria de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais é responsável por coordenar, orientar e acompanhar as atividades relacionadas aos estudos econômicos necessários à formulação de cenários referenciais para a expansão da oferta e da infraestrutura de energia; aos estudos da demanda de energia, incluídos os de energia elétrica, de combustíveis fósseis e de biocombustíveis; aos estudos do planejamento integrado dos recursos energéticos no longo prazo, aí incluídos os estudos setoriais sobre o uso da energia, o desenvolvimento tecnológico, a competitividade entre os energéticos, a sustentabilidade ambiental e o financiamento do setor de energia e aos estudos de impacto socioambiental de empreendimentos de geração e transmissão de energia elétrica e de expansão da capacidade de oferta de outros energéticos.

A Diretoria de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais conta, em sua estrutura organizacional, com a Superintendência de Estudos Econômicos e Energéticos e a Superintendência de Meio Ambiente.

Superintendência De Estudos Econômicos e Energéticos

À Superintendência de Estudos Econômicos e Energéticos compete elaborar estudos macroeconômicos necessários à formulação de cenários referenciais para os estudos de expansão da oferta e da infraestrutura de energia; promover estudos de mercado visando a definir cenários de demanda dos energéticos, aí incluídos energia elétrica, de combustíveis fósseis e de biocombustíveis; desenvolver estudos setoriais, inseridos no planejamento integrado de recursos energéticos em longo prazo, sobre o uso da energia, sobre a competitividade entre os energéticos e sobre a capacidade de financiamento do setor de energia;

É também de sua responsabilidade promover o acompanhamento e a análise regular do mercado dos diferentes energéticos; promover estudos e produzir informações para subsidiar planos e programas de desenvolvimento energético ambientalmente sustentável, inclusive, de eficiência energética; promover planos de metas voltadas para a utilização racional e conservação de energia;

Outras atribuições que também competem à Superintendência de Estudos Econômicos e Energéticos são: realizar estudos e projeções da Matriz Energética Brasileira; elaborar e providenciar a publicação do Balanço Energético Nacional; realizar estudos que identifiquem e quantifiquem os potenciais de recursos energéticos, bem como, sua perspectiva de uso no longo prazo; desenvolver os estudos do planejamento integrado dos recursos energéticos no longo prazo visando à formulação de alternativas para a composição da oferta de energia; desenvolver estudos setoriais, inseridos no planejamento integrado de recursos energéticos em longo prazo, sobre o desenvolvimento tecnológico e a sustentabilidade ambiental e promover as ações técnicas e administrativas necessárias à viabilização das atividades sob sua responsabilidade.

Superintendência de Meio Ambiente

À Superintendência de Meio Ambiente compete desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos socioambientais necessários ao planejamento energético; desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos socioambientais necessários ao dimensionamento dos projetos de geração e transmissão de energia elétrica e infraestrutura de combustíveis contemplados nos planos de expansão em curto, médio e longo prazo do sistema energético nacional.

É também de sua responsabilidade desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos socioambientais necessários à prospecção e inventários de recursos energéticos e a gestão do licenciamento prévio ambiental de novos empreendimentos selecionados e desenvolver estudos e produzir informações socioambientais para subsidiar planos e programas de desenvolvimento energético ambientalmente sustentável.


Diretoria de Estudos de Energia Elétrica

A Diretoria de Estudos de Energia Elétrica é responsável por coordenar, orientar e acompanhar as atividades de elaboração dos estudos necessários para o desenvolvimento dos planos de expansão da geração e transmissão de energia elétrica; dos estudos de viabilidade técnica econômica para os empreendimentos de geração e transmissão de energia elétrica; dos estudos para a determinação dos aproveitamentos ótimos dos potenciais hidráulicos; dos estudos necessários às definições dos parâmetros de planejamento para realização dos leilões de expansão do sistema de geração e transmissão do sistema elétrico; e ao suporte e participação das articulações relativas ao aproveitamento energético de rios compartilhados com países limítrofes.

A Diretoria de Estudos de Energia Elétrica conta, em sua estrutura organizacional, com a Superintendência de Planejamento da Geração, Superintendência de Projetos de Geração e a Superintendência de Transmissão de Energia.

Superintendência de Planejamento da Geração

À Superintendência de Planejamento da Geração compete desenvolver os estudos para os planos de expansão em curto, médio e longo prazo do parque de geração de energia elétrica nacional; desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos necessários à definição dos parâmetros técnicos e econômicos para a realização dos leilões de compra de energia elétrica no ambiente de comercialização regulado e comercialização de energia, como a garantia física.

É também de sua responsabilidade desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos necessários para a habilitação técnica dos empreendimentos de geração de energia elétrica que participarão dos leilões de energia nova e desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos necessários ao dimensionamento dos projetos de engenharia dos empreendimentos de geração de energia elétrica tanto de inventário, quanto de viabilidade técnica e econômica.

Superintendência de Projetos da Geração

À Superintendência de Projetos de Geração compete desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos necessários para habilitação técnica dos novos empreendimentos de geração de energia de elétrica que participarão dos leilões de energia para suprimento tanto ao Sistema Interligados como aos Sistemas Isolados.   

É também de sua responsabilidade desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos necessários ao dimensionamento dos projetos de engenharia dos empreendimentos de geração de energia elétrica tanto na etapa de inventário, quanto de viabilidade técnica e econômica. 

Outras atribuições que também competem à Superintendência de Projetos de Geração são a realização de estudos técnicos e econômico-financeiros relacionados a projetos de geração de energia para apoio à elaboração dos planos de expansão e às decisões do MME, incluindo por exemplo a definição dos preços-teto dos leilões de geração e outros aspectos da regulação setorial.

Superintendência de Transmissão de Energia

À Superintendência de Transmissão de Energia compete desenvolver e realizar os estudos necessários para o desenvolvimento dos planos de expansão em curto e médio prazo do sistema de transmissão de energia elétrica nacional, bem como, acompanhar e subsidiar os estudos em longo prazo; desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos necessários à definição dos parâmetros técnicos e econômicos para a realização dos leilões de concessão das instalações de transmissão de energia elétrica da rede básica nacional; e

É também de sua responsabilidade desenvolver, acompanhar, subsidiar e realizar os estudos necessários à definição dos projetos de engenharia das instalações de transmissão de energia elétrica e das conexões de cargas elétricas e usinas geradoras de energia elétrica ao sistema.


Diretoria de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis

A Diretoria de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis é responsável por coordenar, orientar e acompanhar as atividades de estudos de gestão dos recursos e reservas de petróleo e seus derivados e gás natural; de estudos sobre a infraestrutura, oferta, produção, transformação, comercialização e abastecimento de petróleo e seus derivados, gás natural e biocombustíveis e de estudos sobre as indústrias nacional e internacional de petróleo, gás natural e biocombustíveis.

A Diretoria de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis conta, em sua estrutura organizacional, com a Superintendência de Petróleo e a Superintendência de Gás Natural e Biocombustíveis.

Superintendência de Petróleo

À Superintendência de Petróleo compete elaborar estudos de gestão dos recursos e reservas de petróleo e gás natural; elaborar estudos sobre a infraestrutura, produção e transferência/escoamento de petróleo e gás natural; elaborar estudos sobre a infraestrutura, oferta, produção, transformação, comercialização e abastecimento de derivados de petróleo;

É também de sua responsabilidade elaborar estudos sobre as indústrias nacional e internacional de petróleo e seus derivados.

Superintendência de Gás Natural e Biocombustíveis

À Superintendência de Gás Natural e Biocombustíveis compete elaborar estudos sobre a infraestrutura, processamento, transporte, estocagem, oferta, comercialização e suprimento de gás natural; elaborar estudos sobre a infraestrutura, oferta, produção, transformação, comercialização e abastecimento de biocombustíveis;

É também de sua responsabilidade elaborar e/ou avaliar estudos de projetos de infraestrutura de gás natural e de biocombustíveis e elaborar estudos sobre os mercados nacional e internacional de gás natural e biocombustíveis.


Diretoria de Gestão Corporativa

A Diretoria de Gestão Corporativa é responsável por orientar, coordenar e acompanhar as atividades econômicas, financeiras, orçamentárias, patrimoniais e contábeis da Empresa e a gestão da infraestrutura corporativa necessária ao funcionamento da Empresa, incluindo a cadeia de suprimento de materiais e de serviços, os espaços físicos e as instalações, bem como a tecnologia da informação e de comunicação, de forma integrada aos processos de gestão de pessoas e do conhecimento.

A Diretoria de Gestão Corporativa conta, em sua estrutura organizacional, com a Superintendência de Recursos Financeiros, a Superintendência de Recursos Logísticos e a Superintendência de Tecnologia da Informação e Comunicações.

Superintendência de Recursos Financeiros

À Superintendência de Recursos Financeiros compete propor e acompanhar a execução do orçamento de investimentos e de custeio e promover a administração dos recursos financeiros.

É também de sua responsabilidade efetuar a execução e a análise contábil, fiscal e tributária e efetuar o controle contábil e patrimonial dos ativos e passivos.

Superintendência de Recursos Logísticos

À Superintendência de Recursos Logísticos compete promover a administração dos serviços gerais e do apoio administrativo e proceder às licitações e contratações de bens e serviços.

É também de sua responsabilidade promover a gestão, a capacitação e o desenvolvimento de pessoas e promover a gestão e a organização de processos.

Superintendência de Tecnologia da Informação e Comunicações

À Superintendência de Tecnologia da Informação e Comunicações compete promover a gestão e a administração dos recursos de tecnologia da informação e comunicações e promover a Segurança da Informação e Comunicações

É também de sua responsabilidade prover os sistemas de apoio às áreas finalísticas da Empresa e prover os sistemas de apoio à gestão da Empresa.