Estudos no Âmbito da Economia Verde

Entre os trabalhos realizados pela EPE para desenvolvimento de práticas de sustentabilidade no setor energético encontram-se estudos sobre a manutenção da matriz energética de baixo carbono. Dentre estes estudos destacam-se análises sobre os desafios e potenciais impactos da introdução de mecanismos de Precificação de Carbono no Setor Elétrico, mecanismos de suporte e incentivo às energias renováveis, e metodologias de valoração de externalidades de cada fonte energética para que seus respectivos preços possam ser estabelecidos corretamente (conforme especificidade e local do impacto ambiental) e assim deixar o mercado de energia mais eficiente.

Outro importante campo de estudos encontra-se na interface entre requisitos ambientais e a financiabilidade de projetos. O objetivo dos estudos é prover instrumentos dentro do conceito de finanças verdes/sustentáveis, que potencialmente facilitem a emissão de títulos verdes (green bonds) e outras formas de financiamento que incorporem questões socioambientais, melhorando a atratividade de projetos do setor energético.

Além disso, a EPE tem se aprofundado no tema Serviços Ecossistêmicos com o intuito de incorporar o conceito na avaliação dos impactos socioambientais de empreendimentos energéticos e, futuramente, nos estudos de planejamento da expansão da geração.