2ª Revisão Quadrimestral: explicando a redução de 489 MWmédios

Este áudio explicita os principais aspectos da projeção adotada na 2ª Revisão Quadrimestral da demanda de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional 2019-2023.

Quais os fundamentos para as diferenças das previsões com relação à 1ª Revisão Quadrimestral? Confira no nosso podcast, apresentado pelo analista Allex Yukizaki.

Clique aqui e ouça o podcast

Podcast.png

Notícias Relacionadas

Leilões de Energia Existente A-4 e A-5 de 2020: EPE publica revisão do Informe Técnico sobre Preços de Referência dos Combustíveis

18/11/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE publica uma revisão do Informe Técnico com as referências de preços de combustíveis para os Leilões de Energia Existente A-4 e A-5 de 2020.

EPE disponibiliza edição 2019 do BEN – Balanço Energético Nacional

18/11/2019 - A EPE – Empresa de Pesquisa Energética tem a grata satisfação de disponibilizar mais esta edição do BEN – Balanço Energético Nacional, publicação anual e de competência desta instituição, fundamental para atividades de planejamento e acompanhamento do setor energético nacional.

EPE palestra no Quartel General do Exército Brasileiro em Brasília

14/11/2019 - A EPE esteve no Quartel General do Exército Brasileiro, em Brasília, na última terça (12) para proferir palestra aos Oficiais Generais e Superiores do Exército Brasileiro, que ocorreu no Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército.

EPE abre Consulta Pública do documento Zoneamento Nacional de Recursos de Óleo e Gás 2019

14/11/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE abre em 14/11/2019 a Consulta Pública do documento “Zoneamento Nacional de Recursos de Óleo e Gás 2019”. O Zoneamento é um estudo contínuo realizado em ciclos pela EPE para apoiar o Ministério de Minas e Energia - MME na elaboração do planejamento energético do País.

EPE e IEA convidam para o evento: Technical Workshop Brazilian Power System Transformation

14/11/2019 - O Setor Elétrico Brasileiro deverá sofrer mudanças significativas em um futuro próximo. O aumento da penetração das energias renováveis surge com o impulso de modernizar o sistema de energia, possibilitando a introdução de novas tecnologias no setor.