EPE comemora 10 anos do lançamento da Análise de Conjuntura dos Biocombustíveis

EPE celebra 10 anos do lançamento do documento de Análise de Conjuntura dos Biocombustíveis com evento que aconteceu no dia 28 de junho, nas dependências da instituição. O documento desenvolvido pela equipe de Biocombustíveis da EPE, de periodicidade anual, tem como objetivo consolidar os fatos mais relevantes referentes aos biocombustíveis que ocorreram no ano anterior à sua divulgação, estimulando a discussão por meio de artigos que compõem cada edição.

IMG_0003.jpg

O presidente da EPE, Thiago Barral deu início a mesa de abertura, seguido do diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, José Mauro Ferreira, da secretária adjunta de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do MME, Renata Isfer e do superintendente de Produção de Combustíveis da ANP, Thyago Grotti. A apresentação do documento foi realizada pela consultora técnica da EPE, Angela Oliveira.

Nesta edição especial de dez anos, além da avaliação dos principais acontecimentos ocorridos em 2018, o documento apresenta o artigo "O papel dos biocombustíveis na matriz energética nacional", um resumo da evolução na última década, com destaque à segurança do abastecimento e à mitigação das emissões de gases de efeito estufa. Confira aqui a última publicação. 

Sobre a Análise de Conjuntura dos Biocombustíveis

A publicação ocorre no segundo trimestre do ano, após o fechamento da safra sucroenergética e da consolidação das estatísticas dos mais importantes órgãos da área. Por apresentar em um único documento as análises dos principais temas concernentes ao setor de biocombustíveis em âmbito nacional, sua divulgação auxilia no acompanhamento da dinâmica e na compreensão dos fatores que impactam nos resultados apresentados por este segmento.

Os principais temas abordados são: a oferta e demanda de etanol e sua infraestrutura de produção e transporte, o mercado de biodiesel, a participação da bioeletricidade na matriz nacional e nos leilões de energia, o mercado internacional de biocombustíveis, as expectativas para os novos biocombustíveis e as emissões de gases de efeito estufa evitadas pela utilização dessas fontes renováveis de energia e o acompanhamento da Política Nacional de Biocombustíveis - RenovaBio. Por contribuir para a redução da assimetria de informações, este produto tornou-se fonte de referência e instrumento de apoio para o governo, para o setor de biocombustíveis e para os demais setores da sociedade. Acesse aqui as publicações anteriores e assista aqui ao vídeo institucional. 


Notícias Relacionadas

EPE palestra no Quartel General do Exército Brasileiro em Brasília

14/11/2019 - A EPE esteve no Quartel General do Exército Brasileiro, em Brasília, na última terça (12) para proferir palestra aos Oficiais Generais e Superiores do Exército Brasileiro, que ocorreu no Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército.

EPE abre Consulta Pública do documento Zoneamento Nacional de Recursos de Óleo e Gás 2019

14/11/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE abre em 14/11/2019 a Consulta Pública do documento “Zoneamento Nacional de Recursos de Óleo e Gás 2019”. O Zoneamento é um estudo contínuo realizado em ciclos pela EPE para apoiar o Ministério de Minas e Energia - MME na elaboração do planejamento energético do País.

EPE e IEA convidam para o evento: Technical Workshop Brazilian Power System Transformation

14/11/2019 - O Setor Elétrico Brasileiro deverá sofrer mudanças significativas em um futuro próximo. O aumento da penetração das energias renováveis surge com o impulso de modernizar o sistema de energia, possibilitando a introdução de novas tecnologias no setor.

A Empresa de Pesquisa Energética publica o Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2019

14/11/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza as planilhas eletrônicas (Workbook) do Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2019 (Ano base 2018), nas quais estão disponíveis os dados consolidados de consumo de energia elétrica nos últimos cinco anos. Em 2018, o consumo de eletricidade na rede no país cresceu 1,6% em relação a 2017, que já tinha sofrido um aumento de 1,2% em relação ao ano anterior, alcançando 474,82 TWh, mantendo o Brasil entre os dez maiores consumidores do mundo

EPE publica Boletim Trimestral de Energia Eólica

12/11/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética publica o Boletim Trimestral de Energia Eólica, que registra um histórico de mais de 7 anos, iniciado em janeiro de 2012, da disponibilidade mensal da energia primária (índice de energia) e do potencial de transformação dessa energia em energia elétrica (índice de produção) de três “bacias” eólicas brasileiras que congregam os Estados do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Bahia e Pernambuco.