EPE participa de audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais

O analista de pesquisa energética Rafael Mello participou, representando o presidente da EPE Thiago Barral, de audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na última quarta-feira, 11/03/2020. O evento foi organizado pela comissão extraordinária das energias renováveis e dos recursos hídricos da casa, e teve como objetivo discutir o planejamento da expansão das linhas de transmissão de energia elétrica no Estado. No evento, a EPE apresentou a expansão prevista para o sistema de transmissão de Minas Gerais, em especial nas regiões Norte e Noroeste, permitindo a integração de usinas solares fotovoltaicas, que tem grande potencial nessas localidades. Para todo o Estado de Minas Gerais já estão em implantação projetos de transmissão que totalizam quase R$ 13 bilhões em investimentos até o ano de 2025, beneficiando diretamente 180 municípios do Estado. A EPE destacou, ainda, que esses investimentos são frutos dos estudos de planejamento da transmissão realizados pela EPE ao longo dos últimos anos, que recomendam a implantação de reforços na rede não apenas em Minas Gerais, mas em todo o Brasil. O evento contou, ainda, com a participação de representantes do ONS, Cemig Distribuição, Fiemg e Eletrobras, que trouxeram as suas visões sobre o setor energético do Estado e contribuíram para um debate produtivo e muito esclarecedor para toda a sociedade mineira.Você pode assistir ao vídeo da reportagem da TV Assembleia ou acessar à matéria

Os estudos de expansão da transmissão culminam na elaboração do documento PET/PELP -Programa de Expansão da Transmissão/Plano de Expansão de Longo Prazo, publicado semestralmente nos meses de fevereiro e agosto de cada ano,  e podem ser acessados aqui


Notícias Relacionadas

José Mauro Ferreira, diretor da EPE, é o novo secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do MME

06/04/2020 - José Mauro Ferreira, diretor da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) será o novo secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do MME. A portaria de nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de hoje, 6 de abril.

Como viabilizar o aproveitamento energético dos Resíduos Sólidos Urbanos?

06/04/2020 - Após a publicação do Informe Técnico “Potencial Energético dos Resíduos Urbanos”, no final de 2019, a EPE publica agora um novo estudo, avançando as análises anteriores. O novo Informe busca avaliar os modelos de negócios para a viabilização do aproveitamento energético dos Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), com foco na produção de eletricidade

Resenha Mensal - consumo de energia elétrica com redução de 1,3% em fevereiro

31/03/2020 - O consumo nacional de eletricidade totalizou 40.697 GWh em fevereiro, representando uma queda de 1,3% em relação ao mês de 2019, sob influência maior das regiões Sudeste (-3,7%) e Sul (-1,9%). Entre as regiões geográficas, somente a Região Norte (+17,7%) registrou alta no consumo de energia elétrica. As demais, Sudeste (-3,7%), Sul (-1,9%), Centro-Oeste (-0,6%) e Nordeste (-0,3%) apresentaram queda.

1ª Revisão Quadrimestral 2020: explicando os fundamentos do cenário

31/03/2020 - Em meio às discussões sobre os eventuais impactos da pandemia do coronavírus (ou COVID-19) no País, a 1ª Revisão Quadrimestral das Projeções da demanda de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional 2020-2024, elaborada em conjunto por Empresa de Pesquisa Energética – EPE, Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE, teve o papel de reavaliar o cenário de expansão da demanda elétrica.

EPE, ONS e ANEEL divulgam Nota Técnica com Margens de Capacidade para Escoamento de Energia Elétrica para o Leilão de Energia Nova A-4 de 2020.

27/03/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga a Nota Técnica 25/2020, do Operador Nacional do Sistema (ONS), contendo os quantitativos da capacidade de escoamento de energia elétrica de todos os barramentos da Rede Básica, DIT (Demais Instalações de Transmissão) e ICG (Instalações Compartilhadas de Geração) indicados pelos empreendedores no Sistema AEGE no ato do cadastramento do Leilão de Energia Nova A-4 de 2020.