EPE publica estudos de levantamento de dados de eficiência energética na indústria brasileira

No sentido de fortalecer a disponibilidade dados primários para o planejamento de ações de promoção de eficiência energética, a EPE publica os resultados de estudo de levantamento de dados sobre diversos setores industriais.

Trata-se de estudo denominado "Análise da Eficiência Energética em Segmentos Industriais Selecionados", que se insere no âmbito do Projeto META (Projeto de Assistência Técnica dos Setores de Energia e Mineral), com financiamento do Banco Mundial. A execução foi descentralizada do MME para EPE.

Sem título.png

Estratégia de Ação no Longo Prazo em Eficiência Energética da EPE: quatro frentes interligadas, com foco no fortalecimento das bases de dados e informações

O estudo teve com seus principais objetivos coletar dados e identificar oportunidades de eficiência energética na indústria brasileira, possibilitando à EPE dar início à atualização do Balanço de Energia Útil (BEU) para parte da indústria, entre outras diversas aplicações por quaisquer interessados.

Foram realizadas mais de 130 visitas de campo para obter informações detalhadas sobre consumo energético, com a descrição das etapas dos processos, obtenção de tabelas de coeficiente de destinação e rendimento, estimativas do potencial de eficiência por serviço energético e identificação dos principais equipamentos consumidores de energia e de oportunidades de eficiência energética.

Para desenvolvimento dos trabalhos, a EPE contratou o consórcio Applus-Qualitec. O contrato foi iniciado em abril/2017 e finalizado em novembro/2018.

Os resultados permitirão o aperfeiçoamento de ferramentas de projeção e cenarização de demanda de energia na indústria, bem como fornecimento de insumos para elaboração de propostas para promoção de eficiência energética na indústria brasileira.

Os estudos podem ser acessados neste link. Nesse link também é possível acessar apresentação com alguns destaques desse estudo.

44348643761_7fe8cf94e1_k.jpg

Foto: Seminário de apresentação do projeto para agentes (Auditório do MME, 29 de agosto de 2018). Arnaldo Junior, Patrícia Messer e Jeferson Soares, da Superintendência de Estudos Econômicos e Energéticos da EPE realizaram apresentação sobre o estudo.


Notícias Relacionadas

A EPE realizará o Workshop Lastro e Energia (Relatório de apoio já disponível)

17/08/2019 - A EPE juntamente com o Ministério de Minas e Energia, realizará no dia 21 de agosto o Workshop Lastro e Energia, que ocorrerá no âmbito do GT Modernização do Setor Elétrico. O evento acontecerá em Brasília e contará com a participação do CCEE, ONS e ANEEL.

EPE participa do 19º Seminário de Gás Natural 2019

16/08/2019 - O diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, José Mauro Coelho, participou como representante da EPE, no dia 14 de agosto de 2019, do "19º Seminário de Gás Natural 2019". A Mesa Redonda em que participou teve o tema central “Condições para Viabilização da Oferta do Gás Natural do Pré-Sal”.

EPE lança o Informe Técnico - Competitividade do Gás Natural: Estudo de Caso na Indústria de Fertilizantes Nitrogenados

16/08/2019 - O Informe Técnico "Competitividade do Gás Natural: Estudo de Caso na Indústria de Fertilizantes Nitrogenados" é primeiro documento de uma série, que tem por objetivo avaliar o potencial de entrada de novas unidades industriais intensivas em gás natural.

EPE participa de Workshop sobre Serviços Ancilares

13/08/2019 - O evento promovido pelo ONS e ANEEL ocorreu nos dias 31 de julho e 1º de agosto, no Rio de Janeiro. A EPE foi representada pelo Consultor Técnico Daniel José Tavares de Souza, da Superintendência de Transmissão de Energia, que participou como palestrante no primeiro painel sobre “Os Serviços Ancilares no Planejamento do Sistema”.

EPE recebe a nota 10 no 4º Ciclo de Avaliação do Indicador de Governança das Estatais (IG-SEST)

12/08/2019 - No último dia 09 de agosto de 2019 a EPE recebeu a nota 10 no 4º Ciclo de Avaliação do Indicador IG-SEST. Nessa edição participaram 61 Empresas, sendo que apenas 14 empresas tiraram a nota máxima, dentre elas a EPE.