EPE publica nota técnica para aumento da capacidade de escoamento de potencial de geração das regiões de Janaúba e Jaíba, em Minas Gerais

Foi emitido no dia 05 de fevereiro a Nota Técnica "Aumento da Capacidade de Escoamento de Geração Solar da Região de Jaíba e Janaúba, no Estado de Minas Gerais", elaborado pela equipe da Superintendência de Transmissão de Energia (STE).

A Nota Técnica recomenda a implantação do terceiro banco de autotransformadores 500/230 kV da subestação (SE) Janaúba 3, proporcionando maior capacidade de escoamento para o potencial de energia solar nas regiões de Janaúba e Jaíba. Esta recomendação é o resultado de análises preliminares realizadas no âmbito de um estudo mais abrangente que está em andamento na EPE, que irá recomendar reforços estruturais de transmissão para proporcionar o adequado escoamento de expressivos montantes de geração solar fotovoltaica centralizada e distribuída vislumbrados na região Norte e Noroeste de Minas Gerais.

A recomendação deste reforço específico, antes da finalização do estudo estruturante mencionado, permite ganhos na capacidade de escoamento regional já no ano de 2023. Por se tratar de reforço em transformação da Rede Básica, não demanda licenciamento ambiental, tornando a sua implantação mais célere e garantindo a competitividade dos projetos de geração presentes nesta área. Estima-se que o programa de obras exigirá investimentos totais da ordem de R$ 42,8 milhões na Rede Básica.

Adicionalmente, a Nota Técnica cumpre a importante função de informar o mercado sobre os melhores pontos de conexão na região, direcionando empreendedores para conectar-se nos barramentos que trazem maiores benefícios individuais e sistêmicos. Essa ação cumpre o objetivo de fornecer maior transparência, consistência e confiabilidade no processo de planejamento da expansão da transmissão sob responsabilidade da EPE.

 Nota Técnica “Aumento da Capacidade de Escoamento de Geração Solar da Região de Jaíba e Janaúba, no Estado de Minas Gerais"

Notícias Relacionadas

José Mauro Ferreira, diretor da EPE, é o novo secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do MME

06/04/2020 - José Mauro Ferreira, diretor da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) será o novo secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do MME. A portaria de nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de hoje, 6 de abril.

Como viabilizar o aproveitamento energético dos Resíduos Sólidos Urbanos?

06/04/2020 - Após a publicação do Informe Técnico “Potencial Energético dos Resíduos Urbanos”, no final de 2019, a EPE publica agora um novo estudo, avançando as análises anteriores. O novo Informe busca avaliar os modelos de negócios para a viabilização do aproveitamento energético dos Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), com foco na produção de eletricidade

Resenha Mensal - consumo de energia elétrica com redução de 1,3% em fevereiro

31/03/2020 - O consumo nacional de eletricidade totalizou 40.697 GWh em fevereiro, representando uma queda de 1,3% em relação ao mês de 2019, sob influência maior das regiões Sudeste (-3,7%) e Sul (-1,9%). Entre as regiões geográficas, somente a Região Norte (+17,7%) registrou alta no consumo de energia elétrica. As demais, Sudeste (-3,7%), Sul (-1,9%), Centro-Oeste (-0,6%) e Nordeste (-0,3%) apresentaram queda.

1ª Revisão Quadrimestral 2020: explicando os fundamentos do cenário

31/03/2020 - Em meio às discussões sobre os eventuais impactos da pandemia do coronavírus (ou COVID-19) no País, a 1ª Revisão Quadrimestral das Projeções da demanda de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional 2020-2024, elaborada em conjunto por Empresa de Pesquisa Energética – EPE, Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE, teve o papel de reavaliar o cenário de expansão da demanda elétrica.

EPE, ONS e ANEEL divulgam Nota Técnica com Margens de Capacidade para Escoamento de Energia Elétrica para o Leilão de Energia Nova A-4 de 2020.

27/03/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga a Nota Técnica 25/2020, do Operador Nacional do Sistema (ONS), contendo os quantitativos da capacidade de escoamento de energia elétrica de todos os barramentos da Rede Básica, DIT (Demais Instalações de Transmissão) e ICG (Instalações Compartilhadas de Geração) indicados pelos empreendedores no Sistema AEGE no ato do cadastramento do Leilão de Energia Nova A-4 de 2020.