EPE realiza III Workshop do Mercado de Energia Elétrica do ciclo 2019

A terceira edição do Workshop do Mercado de Energia Elétrica do ciclo 2019 ocorreu nos dias 21 e 22 de novembro no escritório da EPE do Rio de Janeiro. O fórum é uma das iniciativas da Comissão Permanente de Análise e Acompanhamento do Mercado de Energia Elétrica (COPAM) e reúne, além das concessionárias de distribuição de energia elétrica, outras instituições do setor, tais como o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Ele é coordenado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Energéticos (SEE) da Diretoria de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais (DEA) da EPE.

Os encontros promovidos regularmente pela COPAM têm como objetivo o compartilhamento de conceitos, experiências, ferramentas e informações entre os agentes do mercado de energia elétrica, fundamentais para modernização do setor. O resultado é o aprimoramento das metodologias utilizadas nos estudos do setor elétrico e a melhoria constante na qualidade dos dados fornecidos pelas empresas para a EPE, ponto de partida para a produção das estatísticas utilizadas em diversos produtos da empresa, como a Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, o Anuário Estatístico de Energia Elétrica, o Balanço Energético Nacional e os estudos de demanda que subsidiam o Plano Nacional de Expansão de Energia (PDE) e o Plano Nacional de Energia (PNE).

Esta edição do evento contou com uma apresentação da consultoria econômica 4E a respeito da conjuntura atual e dos cenários econômicos possíveis (referência, otimista e pessimista) projetados para os próximos 10 anos, envolvendo os quadros político, monetário, fiscal, mercado de trabalho, crédito, renda e câmbio do país para o período. A participação da EPE envolveu 3 exposições: a primeira relacionada aos resultados do mercado de energia elétrica de 2019 até o 30 trimestre do ano por classes de consumo, subsistemas e regiões do país; a segunda associada ao modelo 4MD, que é a principal ferramenta da empresa para a projeção de médio e longo prazo da expansão da micro e minigeração distribuída no país e a última divulgando os principais resultados do PDE 2029 nas áreas de demanda de energia elétrica e recursos energéticos distribuídos, que  incluíram eficiência elétrica, autoprodução não-injetada na rede, micro e minigeração distribuída e soluções de armazenamento. A CPFL também disponibilizou a sua metodologia de análise e projeção da MMGD, discorrendo com o público presente sobre diversos elementos conceituais envolvidos no tema.

ONS e CCEE também se fizeram presentes expondo, respectivamente, o acompanhamento da carga de energia elétrica em 2019 junto com as previsões para o fechamento do ano e o desempenho do ambiente de contratação livre (ACL) de eletricidade no ano, assim como a migração de consumidores especiais ao longo do período. Já a LIGHT fez uma palestra mostrando o seu ferramental conceitual e matemático para  estimar a influência da temperatura  na carga e no consumo de energia elétrica na sua área de concessão. Por fim, a Innovare Pesquisa em parceria com a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (ABRADEE) mostrou os resultados do projeto cooperado de P&D de Modernização das Tarifas de Distribuição de Energia Elétrica, que abrangeram uma percepção dos consumidores de baixa tensão (residenciais e não-residenciais) a respeito das atuais modalidades tarifárias e de possíveis mudanças rumo à implementação de tarifas dinâmicas multipartes.

 DSC07930.jpg_MG_8801.jpg


Notícias Relacionadas

EPE publica NT sobre Sistemas fotovoltaicos flutuantes

19/02/2020 - Sistemas fotovoltaicos flutuantes têm sido estudados e instalados em diversos países, principalmente como uma resposta a restrições de terras aptas à instalação de sistemas fotovoltaicos convencionais. No Brasil, vários projetos de P&D surgiram nos últimos anos, interessados em grande parte na utilização dos reservatórios existentes de usinas hidrelétricas.

EPE participa do Fórum Maranhense de Distribuição de Gás Natural

14/02/2020 - O Fórum Maranhense de Distribuição de Gás Natural teve como objetivo discutir as viabilidades da utilização do gás natural no estado do Maranhão, especialmente sobre gás natural liquefeito (GNL), abrangendo as potencialidades e benefícios associados ao seu uso, como a utilização de uma fonte energética mais limpa e o desenvolvimento econômico do estado. Também foram abordadas questões técnicas a respeito da interiorização do gás natural, da infraestrutura para o desenvolvimento do mercado de gás natural, de projetos de distribuição do gás natural no estado e de operação de GNL no Porto de Itaqui. O evento reuniu autoridades como o vice-Governador do Maranhão, o senhor Carlos Brandão, representantes de empresas públicas e privadas, órgãos e sociedade civil.

EPE, ONS e ANEEL divulgam Nota Técnica com Margens de Capacidade para Escoamento de Energia Elétrica para os Leilões A-4 e A-5 /2020

14/02/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga as Notas Técnicas 0013/2020 e 0014/2020, do Operador Nacional do Sistema (ONS), contendo os quantitativos da capacidade de escoamento de energia elétrica de todos os barramentos da Rede Básica, DIT (Demais Instalações de Transmissão) e ICG (Instalações Compartilhadas de Geração) indicados pelos empreendedores no Sistema AEGE no ato do cadastramento dos Leilões de Energia Existente A-4 e A-5 de 2020.

Story Map da UHE Bem Querer: mais uma ferramenta de comunicação elaborada pela EPE

13/02/2020 - O Story Map da UHE Bem Querer guia o usuário por uma narrativa sobre o projeto da usina hidrelétrica, os estudos de inventário e a etapa atual dos estudos de viabilidade.

EPE publica nota técnica para aumento da capacidade de escoamento de potencial de geração das regiões de Janaúba e Jaíba, em Minas Gerais

12/02/2020 - Foi emitido no dia 05 de fevereiro a Nota Técnica “Aumento da Capacidade de Escoamento de Geração Solar da Região de Jaíba e Janaúba, no Estado de Minas Gerais”, elaborado pela equipe da Superintendência de Transmissão de Energia (STE).