IEA Workshop: Mercado de Gás Natural no Brasil

Dia 22, foi o primeiro dos três dias de evento do IEA Brazil Gas Workshop 2019 Towards Modern Transmission & Distribuition Services in Brazil Modernização de serviços de transporte e distribuição no Brasil. A EPE participou com duas apresentações, pela manhã, o Diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis da EPE, José Mauro Coelho, falou sobre os destaques do recém publicado Plano de Gasodutos e sobre o tema "Transmission Grid Expansion Needs" e a Analista de Pesquisa Energética, Ana Claudia S. Pinto, apresentou o tema "The Prospects for Underground Gas Storage in Brazil". O workshop que tem parceria com o MME e com a EPE, acontece na sede no MME, em Brasília e termina logo mais, às 18h.

WorkshopAIE.jpg


WhatsApp Image 2019-10-23 at 09.35.05.jpeg

WhatsApp Image 2019-10-23 at 15.56.50.jpeg

Durante a abertura participaram representantes da EPE, MME, ANP e o Ministério da Economia. O presidente da EPE, Thiago Barral agradeceu a oportunidade de trabalhar em equipe com as instituições presentes a fim de contribuir para promover um mercado de gás natural que seja aberto, dinâmico e competitivo. "E que seja, sobre tudo, fonte para o desenvolvimento econômico do país. Gostaria de ressaltar, também, que desde a associação do Brasil à Agência, em 2017, a pauta de colaboração da EPE e do MME tem se adensado significativamente, abrangendo, hoje, além do gás nutural, integração de fontes renováveis no setor elétrico, desenho de mercados, biocombustíveis, inovação no setor de energia, e eficiência energética. Sempre olhando a expertise em planejamento energético que o Brasil possui com a visão global da agência", discursou Barral. 

Esta é parte da segunda fase da cooperação AIE/Brasil em matéria de gás natural. A primeira fase da cooperação ocorreu em 2018, após o Brasil associar-se à Agência, em 2017, juntando-se a outros países como a China, Índia, Indonésia, Marrocos, Singapura, África do Sul e Tailândia. O resultado foi a publicação do relatório “Towards a Competitive Natural Gas Market in Brazil”, que pode ser acessado aqui. A programação completa do evento está disponível no portal do MME




Notícias Relacionadas

EPE, ONS e Aneel divulgam Nota Técnica com Metodologia, Premissas e Critérios para o cálculo das margens do Leilão de Energia Nova A-4/2020

10/01/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga Nota Técnica conjunta com o Operador Nacional do Sistema - ONS (EPE-DEE-RE-0103/2019/ONS NT 135/2019) referentes à metodologia, premissas, critérios e configuração do sistema elétrico

EPE conclui cadastramento dos projetos para os Leilões de Energia Existente A-4 e A-5 de 2020

08/01/2020 - Foi concluído, em 07/01/2020, o cadastramento dos projetos para participação nos Leilões de Energia Existente A-4 e A-5 de 2020. Anunciado pelo Ministério de Minas e Energia por meio da Portaria nº 389/2019, os Leilões estão previstos para serem realizados de forma sequencial em 30 de abril

EPE Publica Informe Técnico sobre Potencial Energético dos Resíduos Urbanos - SIENergia

02/01/2020 - Com o intuito de esclarecer a situação, reduzir a assimetria de informação e promover o debate pela sociedade, esse Informe Técnico integra e atualiza dados de trabalhos anteriores e avança no sentido dos conceitos de Economia Circular e de Cidades Inteligentes.

EPE publica informe sobre Mercado Internacional de GNL 2018-2019

30/12/2019 - A publicação busca apresentar o panorama do mercado internacional do GNL, destacando as suas principais características, prospectando suas tendências e analisando os seus principais impactos no Brasil. O estudo traz também as principais características do mercado nacional de GNL, a situação atual e as principais evoluções esperadas no âmbito do Novo Mercado de Gás para esta indústria no País.

EPE publica o Relatório de Planejamento para Atendimento aos Sistemas Isolados, Horizonte 2024 – Ciclo 2019

30/12/2019 - A Portaria MME n. 67/2018 determina que os agentes de distribuição devem apresentar anualmente à EPE suas propostas de planejamento para atendimento aos seus mercados consumidores situados em Sistemas Isolados. Tais propostas são analisadas pela EPE para subsidiar a aprovação das mesmas pelo Ministério de Minas e Energia (MME).