Nota discute impactos dos Recursos Energéticos Distribuídos no planejamento energético

Com visão de longo prazo voltada para as transformações pelas quais os mercados de energia elétrica vêm passando, a EPE publica Nota de Discussão com o objetivo de identificar desafios para o planejamento energético e explorar caminhos para lidar com as perspectivas de aumento na inserção de recursos energéticos distribuídos. Os recursos energéticos distribuídos (RED, ou Distributed Energy Resources – DER em inglês) são definidos como tecnologias de geração e/ou armazenamento de energia elétrica, localizados dentro dos limites da área de uma determinada concessionária de distribuição, normalmente junto a unidades consumidoras, atrás do medidor (“behind-the-meter”). Com frequência essa definição vem se ampliando para abarcar também eficiência energética, resposta da demanda (RD) e gerenciamento pelo lado da demanda (GLD).

Com a nota de discussão, a EPE busca ampliar o diálogo com a sociedade e dar mais transparência ao seu trabalho, trazendo a público uma agenda de desafios a serem enfrentados para que o planejamento energético brasileiro possa fazer frente às novas tecnologias e modelos de negócios que vêm surgindo. No caso dos recursos energéticos distribuídos, a EPE destaca as necessidades de adaptação nos modelos e nas análises desenvolvidas, que envolvendo temas como a representação de novas tecnologias nos modelos, a aplicação de modelos comportamentais, a elaboração de análises de sensibilidade e uso de ferramentas de tomada decisão sob incerteza.

 nota de dicussao.png

A Nota “Recursos Energéticos Distribuídos: Impactos no Planejamento Energético” pode ser acessada clicando AQUI.

Comentários, sugestões e críticas podem ser enviados para o e-mail: comunicacao@epe.gov.br



Notícias Relacionadas

Com apoio da EPE e do MME, a Agência Internacional de Energia (AIE) promove uma palestra sobre Instrumentos de mercado para eficiência energética

16/08/2018 - A apresentação está inserida no âmbito de uma série de webinars sobre a eficiência energética, promovida pela Agência Internacional de Energia.

Leilões de Energia Existente A-1 e A-2 de 2018: EPE disponibiliza Informe Técnico sobre Preços de Referência dos Combustíveis para as Usinas Termelétricas

14/08/2018 - A Empresa de Pesquisa Energética disponibiliza, no link abaixo, o Informe Técnico com as referências de preços de combustíveis para os Leilões de Energia Existente A-1 e A-2 de 2018.

EPE inicia o Cadastramento dos Projetos para os Leilões de Energia Existente A-1 e A-2

06/08/2018 - Foi publicada pelo MME a Portaria n° 317, de 31 de julho de 2018, com as diretrizes para a realização dos Leilões de Energia Existente (A-1 e A-2), previstos para ocorrer em 07 de dezembro de 2018. Os responsáveis pelos empreendimentos termelétricos interessados em participar dos Leilões deverão realizar o cadastramento e a entrega da documentação pertinente na EPE para fins de Qualificação Técnica dos projetos até as 12h do dia 31 de agosto de 2018.

Caso Base do Leilão de Energia Nova A-6/2018 - Cálculo das Garantias Físicas

31/07/2018 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE disponibiliza, na área de leilões de energia, o caso base com os arquivos de dados para os modelos NEWAVE e SUISHI, utilizados no cálculo das Garantias Físicas de Energia dos empreendimentos hidrelétricos e termelétricos com CVU diferente de zero, para participação no Leilão de Energia Nova A-6/2018.

Resenha Mensal: Consumo de Energia Elétrica Caiu em Junho

30/07/2018 - Greve Dos Caminhoneiros Impactou O Consumo De Energia Elétrica No Mês O consumo de energia elétrica na rede totalizou 37.791 GWh em junho, volume 0,4% inferior ao do mesmo mês de 2017. A região Norte (-10,4%) puxou este resultado em função da queda da atividade de consumidores eletrointensivos industriais do norte do país.