Workshop do mercado de energia elétrica, realizado pela Comissão Permanente de Análise e Acompanhamento do Mercado de Energia Elétrica – COPAM, sob coordenação da DEA/SEE.

​Nos dias 12 e 13 de novembro, recebemos no auditório do 9º andar cerca de 30 representantes das distribuidoras de energia elétrica em mais uma edição dos workshops no âmbito da COPAM, fórum coordenado pela SEE, com a equipe de mercado sob a responsabilidade da Superintendente Adjunta Carla Achão, cujo objetivo é a troca de experiências e informações entre os agentes e a EPE para o aprimoramento das metodologias utilizadas nos estudos do setor e a melhoria constante na qualidade dos dados imputados pelas empresas nos sistemas SIMPLES/SAM, dos quais são extraídas as estatísticas utilizadas em diversos produtos da Empresa, dentre os quais a Resenha Mensal do Mercado, os estudos de demanda que subsidiam o PDE e o PNE, e o Balanço Energético Nacional.

Nesta edição as palestras versaram sobre os temas: Conjuntura econômica (BNDES); Análise do mercado de energia elétrica (EPE); Acompanhamento da carga: SIN e subsistemas (ONS); Análise do mercado por concessionária (EPE); Acompanhamento do consumo e da geração (CCEE); Metodologia de Obtenção da Ponta Mensal (EPE), Consumo não Faturado (CELESC), Desagregação de Carga (CPFL/UNICAMP) e Projeto Emotive – Abastecimento de veículos elétricos (CPFL). Foram também apresentadas aos participantes as melhorias no processo de inserção de dados em desenvolvimento pelo suporte técnico de TI da EPE nos Sistemas SIMPLES/SAM, além dos resultados da pesquisa diagnóstico desses sistemas, de cuja discussão resultaram ações a serem implantadas pelos agentes para a uniformização dos dados fornecidos.

Todos.JPG
Foto: ASCOM EPE


Notícias Relacionadas

EPE realiza I Workshop do Mercado de Energia Elétrica do ciclo 2019

22/05/2019 - A primeira edição de 2019 do Workshop do Mercado de Energia Elétrica no âmbito da COPAM correu nos dias 09 e 10 de maio. Os encontros promovidos pela COPAM têm como objetivo a troca de experiências e informações entre os agentes e a EPE.

EPE, ONS e ANEEL divulgam revisão 2 da Nota Técnica com Margens de Capacidade para Escoamento de Energia Elétrica para o Leilão A-4/2019

22/05/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga a revisão 2 da Nota Técnica 0046/2019, do Operador Nacional do Sistema (ONS), contendo os quantitativos da capacidade de escoamento de energia elétrica de todos os barramentos da Rede Básica, DIT (Demais Instalações de Transmissão) e ICG (Instalações Compartilhadas de Geração) indicados pelos empreendedores no Sistema AEGE no ato do cadastramento deste leilão.

EPE publica estudo de expansão da transmissão para as Regiões de Cruzeiro do Sul e Feijó, no Acre

20/05/2019 - Foi finalizado no primeiro trimestre de 2019 o estudo de integração de Cruzeiro do Sul e Feijó ao Sistema Interligado Nacional, elaborado pela equipe da Superintendência de Transmissão de Energia (STE) em conjunto com a Superintendência de Meio Ambiente (SMA).

EPE participa de debate sobre Preços de Liquidação de Diferenças

17/05/2019 - O Workshop Internacional sobre Limites de Preços do Mercado de Curto Prazo, organizado pela ANEEL, aconteceu dia 15 de maio em São Paulo, no auditório da FIESP. O objetivo do encontro era debater a definição de limite do Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) no Mercado de Curto Prazo, tema previsto para a Agenda Regulatória 2019-2020. O presidente da EPE, Thiago Barral, participou do painel 1, com o tema “Visão das Instituições Públicas”.

Leilão A-6 de 2019: EPE disponibiliza Informe Técnico sobre Preços de Referência dos Combustíveis para as Usinas Termelétricas

17/05/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza, no link abaixo, o Informe Técnico com as referências de preços de combustíveis para o Leilão de Energia A-6/2019. O Informe Técnico nº 030/2019 apresenta as informações que subsidiam a determinação do Custo Variável Unitário (CVU), que será utilizado na definição da Garantia Física (GF), dos valores esperados do Custo Variável da Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos projetos termelétricos, com vistas à participação no referido certame.