EPE realiza reuniões em Roraima

A equipe técnica da Empresa de Pesquisa Energética - EPE, empresa pública vinculada ao Ministério de Minas e Energia, foi recebida no dia 22 de março pelo governador de Roraima, Antônio Denarium, e membros do governo estadual, em Boa Vista.

A EPE está desenvolvendo os estudos de viabilidade técnico-econômica e de impacto ambiental da usina hidrelétrica Bem Querer, no Rio Branco, e na reunião os técnicos puderam apresentar o estágio atual desses estudos e as etapas do projeto.

Além do projeto hidrelétrico, foi discutido ainda o potencial energético do Estado de Roraima quanto a outras fontes, como eólica, solar, biomassa, destacando que o MME agendou para maio de 2019 um leilão para contratação de geração para aumentar a segurança energética para a região. Foram cadastrados na EPE mais de 150 projetos para o leilão, e as propostas estão em análise para habilitação técnica.

Essa missão técnica a Roraima ocorreu de 18 a 22 de março de 2019 e teve como objetivo dialogar com diversos representantes da sociedade civil e do governo local. A iniciativa faz parte das ações do Plano de Comunicação e Relacionamento da usina hidrelétrica Bem Querer.

No total foram sete reuniões nas prefeituras de Bonfim, Cantá, Caracaraí, Iracema, Mucajaí, além da reunião na sede do governo do Estado. A equipe também participou de um painel em Caracaraí, organizado pelo Conselho Consultivo das Unidades de Conservação Estação Ecológica - ESEC Niquiá e Parque Nacional - Parna Serra Mocidade, e outro em Boa Vista, promovido pela Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas de Roraima - ABEER.

O projeto da hidrelétrica Bem Querer prevê uma capacidade de geração de 650 MW, com a usina localizada no município de Caracaraí. Pelo cronograma, o Estudo de Impacto Ambiental da hidrelétrica Bem Querer deve ser analisado pelo IBAMA em 2021, sendo que atualmente ocorrem os levantamentos de campo necessários. Serão realizadas ao longo de 2019 oficinas participativas nos municípios de Boa Vista, Bonfim, Cantá, Caracaraí, Iracema e Mucajaí para o levantamento, validação e consolidação de informações junto à sociedade.

Mais informações sobre o projeto podem ser acessadas em www.uhebemquerer.com.br. Outros estudos desenvolvidos pela EPE para atendimento a Roraima podem ser acessados aqui.

WhatsApp Image 2019-03-24 at 00.22.16.jpeg

Notícias Relacionadas

Presidente da EPE participa da webinar “ENERGY TechTalks: a tecnologia construindo o setor elétrico do futuro”

03/07/2020 - Na última quarta-feira, dia 01 de julho, o presidente da EPE, Thiago Barral, participou como debatedor na webinar “ENERGY TechTalks: a tecnologia construindo o setor elétrico do futuro”.

EPE lança a Décima Primeira Edição da Análise de Conjuntura dos Biocombustíveis - Ano 2019

03/07/2020 - A décima primeira edição da Análise de Conjuntura dos Biocombustíveis apresenta fatos relevantes do mercado de biocombustíveis ocorridos em 2019. Este ano foi marcado pelos recordes históricos de produção de etanol e biodiesel e pelas importantes ações na implementação do RenovaBio.

EPE prorroga o trabalho remoto até 31 de dezembro.

01/07/2020 - A EPE informa que prorrogou o regime de trabalho remoto em caráter excepcional até 31/12/2020, em razão da evolução dos casos de Covid-19. A decisão foi tomada em reunião de Diretoria Executiva no dia 29 de junho de 2020, após avaliação de custos, riscos e benefícios de um retorno em mais curto prazo.

Diretora da EPE participa, como palestrante, da Webinar “Perspectivas para o Mercado de Combustíveis no Brasil pós-Covid-19”

30/06/2020 - Iniciativa da FGV Energia, a webinar tratou sobre as perspectivas para o Mercado de Combustíveis no Brasil pós-Covid-19 e ocorreu na última segunda-feira, dia 29/06. A diretora de Estudos sobre o Petróleo, Gás e Biocombustíveis da EPE, Heloísa Borges, foi uma das palestrantes, junto com diversos outros especialistas da área.

Resenha Mensal: o consumo de energia elétrica, em maio, totalizou 36.051 GWh

30/06/2020 - Em maio de 2020, o consumo de energia elétrica no Brasil totalizou 36.051 GWh, demostrando recuo de 11% sobre igual mês de 2019. O consumo acumulado em 12 meses alcançou 474.037 GWh, registrando uma variação negativa de 1,1%.